Passo a passo para quem quer trabalhar no exterior

Trabalhar no Exterior

Você sonha em mudar do Brasil e trabalhar no exterior mas não tem idéia de como fazer isso? Quando pensamos em planejar um intercâmbio, milhares de questões vem em mente. Baseado nas dúvidas, medos, perguntas e ideias de tantas pessoas, confira agora as principais dicas para quem quer trabalhar fora do Brasil.


1 – O porquê da sua viagem

Antes de escolher o destino para morar fora, é importante decidir o que você quer fazer no exterior. Se é uma viagem para estudar línguas, melhorar o currículo trabalhando fora do Brasil, fazer um semestre da universidade, cursar uma pós ou se você só quer viajar mesmo.

Há muita gente que inventa milhões de desculpas para trabalhar em outro paísquando na realidade eles querem tirar um ano de férias só para conhecer o mundo.

Se este é o seu caso, não há nenhum problema nisso! A simples oportunidade de morar em outro lugar já pode ser o motivo para querer ir, e isso é super válido.

Pensar nos motivos que fizeram você querer se mudar é o primeiro passo para planejar seu intercâmbio e definir as melhores formas de concretizar esse objetivo.

10 Canais ou Sites Gratuitos para Estudar inglês


2 – Começar a pesquisa para sua viagem

Comece pesquisando se existem aberturas internas dentro da sua empresa, que te permitam trabalhar fora do Brasil.

Caso já esteja trabalhando em uma empresa multinacional, ou com marcas globais, então isso pode ser possível. Verifique no banco de dados de empregos internos da empresa e você vai encontrar muitas oportunidades para trabalhar no exterior.

Caso você não trabalhe em uma multinacional, ou quiser mudar totalmente de área, ou indústria, você deve pesquisar intensamente na internet.

Realize pesquisas, procurando nas bases de dados de empregos mais respeitadas no país em que você deseje trabalhar, e foque nas oportunidades em que suas credenciais, seu conhecimento de idiomas e seu visto de trabalho serão fatores importantes.

Após isso, prepare a sua proficiência na língua específica. Lembre que trabalhar fora do Brasil exige, muitas vezes, fluência na língua do país de interesse. Caso precise aprender outro idioma, faça o necessário para se preparar.


3 – Os primeiros passos

Após a pesquisa anterior, chegou a hora de decidir o tipo de viagem que você pretende fazer, diante dos seus objetivos trabalhando no exterior.

Se você só quer juntar um dinheirinho para depois fazer um mochilão, há várias opções para brasileiros trabalharem fora do país, desde trabalhos temporários como au pair, recreadores, barmans, garçonetes, e até trabalhos fixos em alguma empresa específica.

As agências de intercâmbio do Brasil oferecem várias opções interessantes. Não caia em armadilhas on-line, busque ajuda profissional para te ajudar.

Mas, se você quer construir sua carreira no exterior, pode já começar a buscar trabalho de onde você estiver. Joga no google o trabalho que estiver buscando e envie seu currículo a todas as oportunidades que achar interessante, correndo sempre atrás se pintar algo!

O mais comum de acontecer são entrevistas via Skype, mas há várias maneiras de contatar o recrutador antes de viajar. Em todos os casos, é preciso ter muita paciência, persistência e sorte.


4 – O país aceita visto brasileiro de trabalho?

Vamos ser sinceros: poucos de nós estão dispostos a encarar a dura carreira de imigrante ilegal para trabalhar fora do Brasil.

E nem é preciso. São vários os países em que se é possível trabalhar legalmente, seja de forma temporária ou permanentemente. Alguns exemplos são:

●      Estados Unidos

Apesar da má fama com relação à forma de ceder vistos, os EUA oferecem muitas possibilidades para brasileiros que sonham em trabalhar, viajar e até morar por lá de forma legal.

O visto J-1 é um dos mais conhecidos. Utilizado por quem faz o programa Work and Travel, no qual possibilita o trabalho por três meses e, logo depois, a viagem pelo país.

●      Irlanda

Por permitir a combinação de estudos, trabalho temporário e viagens, a Irlanda é muito procurada por quem almeja trabalhar fora do Brasil. Os brasileiros – segundo o governo Irlandês – formam o segundo maior grupo de estrangeiros não europeus que vivem por lá.

Saiba Como morar na Irlanda – Guia Completo

Porém, as novas regras para o trabalho temporário no país mudaram a duração do visto de estudante (que também permite o trabalho) de um ano para 8 meses.

●      Canadá

Estudantes de graduação e pós podem trabalhar até 20 horas por semana, inclusive fora do campus da universidade, sem precisar de autorização do governo para isso.

No entanto, não é mais possível trabalhar no Canadá durante uma viagem para estudar inglês ou francês.

●      Austrália

Pra quem quer trabalhar no exterior, a Austrália pode ser uma boa pedida. No país, é possível trabalhar de forma temporária ou permanente, legalmente.

O próprio governo australiano oferece, em seu site, informações a respeito das áreas que oferecem maior número de oportunidades, conhecimentos desejados pelo país, e até os direitos trabalhista existentes.


CRITICAL SKILLS PERMITS: CONHEÇA MAIS SOBRE AS LICENÇAS DE TRABALHO NA IRLANDA!

5 – Planejando (financeiramente) seu intercâmbio

Após escolher o seu destino, considere o custo de vida daquele país. Pesquise a respeito de todos os gastos, desde o preço da refeição até a passagem de ônibus ou metrô.

Para economizar com a passagem aérea, evite marcar sua viagem para um período que coincida com os meses de alta temporada, que são dezembro, janeiro, fevereiro, julho e agosto. Por isso, adquira o bilhete aéreo com antecedência.

Você ainda pode economizar mais dependendo do tipo de hospedagem que escolher. Ficar em casa de família costuma sair mais barato, além de, na maioria dos casos, incluir café da manhã e jantar.

Além disso, fique atento ao dinheiro que será gasto durante a viagem. Estabeleça o quanto você poderá gastar, e evite fazer comprar nos primeiros dias.

Para a comunicação, o que não faltam são meios para isso. WhatsApp, Skype, Facebook e outras redes sociais estão à disposição para conversar cotidianamente. Se preferir realizar ligações, compre um cartão telefônico internacional.

Saiba Como morar na Irlanda – Guia Completo


6 – Hora de pôr a mão na massa

Depois de pesquisar bastante, encontrar o emprego ideal e realizar todo o planejamento financeiro da sua viagem, você já está pronto para trabalhar em outro país.

Agora é hora de juntar dinheiro, seguir o planejado, embarcar e aproveitar esta nova etapa da sua vida trabalhando no exterior!


Dicas Extras